Gloog  
Respostas · Local · Imagens · Vídeos · Notícias
    
Procurar palavra-chave em:          
Gloog Respostas  
Há pessoas que mesmo na fase infantil parece ser determinadas.
Vi um garoto de 11 anos discutindo com outro sobre o que queriam ser:

- "Um dizia: Meu pai quer que eu me prepare para a AMAM, mas para lá não quero ir"
- O outro ouvia atentamente.

Há, entretanto, pessoas já velhas e parece ainda não saber o que querem da vida.
- AMAN = Academia MIlitar Agulhas Negras.
Escola de Formação de Oficiais do Exercito Brasileiro.
+++++++++

Amigos.

Falo de algo um pouco maior.

Falo sobre uma grande diferenciação do seres humanos.

Essa diferenciação pode ser notada, e principalmente notada, na infância.

A determinação, o bom ânimo, a ausência de preguiça, o otimismo são indicativos de uma pessoa com objetivos na vida.

A apatia, a indiferença, o pessemismo, a indolência, o preguiça, o desânimo, são indicativos de uma pessoa sem objetivos na vida.

Na fase adulta isso pode mudar, reverter, mas em muitos casos, já pode ter causado um prejuíso social no indivíduo.
+++++++++


Meu querido Ossola,


Entendo sua preocupação.


Mas não estou me referindo ao objetivo material no sentido da riqueza.
Ou seja colocando o sucesso material como objetivo de vida.
Não de modo algum.

Mas no mundo competitivo em que vivemos, é necessário ter determinação para conquistar o mínimo para a subsistência e para viver com dignidade.
Lutar pelo necessário pelo menos.

Se você quiser compreender melhor sobre o que falo, basta lançar um olhar sobre o índice de evasão escolar, sobre o índice dos testes de avaliações dos cursos regulares e universidades.
Observe o desemprego e a sobra de vagas por falta de qualificação.
Lance olhar sobre o número de indigentes e drogados.
Observe a superlotação nos presídios.
Eles dão notícias do pouco caso que fazemos com o o nosso tempo.
Há justificativas? deve haver.
Mas não precisamos fazer parte destes índices nefastos mesmo havendo justificação.
Viver mesmo com dignidade e simplicidade , requer objetivo na vida.

Certo dia uma professora, amiga minha, estava comentado sobre um fato na sala de aula.

Seu aluno vivia sempre pertubando.
Nem queria estudar e tão pouco deixa os outros estudarem.
Falava alto.
Ela interrompeu sua própria fala e voltando para este aluno disse:

"Fulano, até compreendo que você não quer estudar. É seu direito.
Afinal você será aproveitado na sociedade.
Há funções que não requer especialização.
No entanto, não admito você interferir nos que querem aprender.
Nos que tem objetivos mais altos."

Então meu amigo Ossola, falo destes objetivos básicos na vida, para os quais muitos de nós, não despertamos.

Quanto a orientação espiritual na vida, essa é outra questão.
Também está registrada em nossa consciência.
++++++++++++++++

Amigos não sou carrasco!

Faço perfeitamente a distinção entre os incapazes, os que estão vitimados por enfermidades diversas, os que vivem em dificuldades sociais extremas, impossibilitados de reagirem.

Refiro-me aos saudáveis mentalmente falando , aos livres de enfermidades e os que tem boas condições sociais de frequentar no mínimo uma escola pública.
Enviada por João Nascimento - 06 Outubro 2010 - Religion & Spirituality - 16 Resposta(s) - Aberta
Oi Jesus, eu sou o Zé !!!

"Contam que num velho lugarejo ,cada dia, ao meio dia, um pobre velho entrava na Igreja e: Poucos minutos depois, saia.

Um dia, o Padre lhe perguntou que fazia. Venho orar, respondeu o velho.

Mas é estranho, que você consiga orar tão depressa. Bem, retrucou o velho, Eu não sei orar aquelas orações compridas. Mas, todo o dia, ao meio dia, Eu entro na Igreja e falo:

"Oi, Jesus, Eu sou o Zé, vim te visitar". Num minuto, já estou de saída.

É só uma oraçãozinha, mas tenho certeza que Ele me ouve. Alguns dias depois, o Zé sofreu um acidente e foi internado num Hospital e, na enfermaria, passou a exercer uma influência sobre todos: os doentes mais tristes, tornaram-se alegres e muitas risadas passaram a ser ouvidas. Zé, disse-lhe um dia a irmã, os outros doentes dizem que você está sempre tão alegre...

É verdade, irmã. Estou sempre alegre! É por causa daquela visita que recebo todo dia. Me faz feliz. A irmã assim como os outros doentes ficaram atônitos.

Já tinha notado que a cadeira encostada na cama do Zé estava sempre vazia. O Zé era solitário, sem ninguém. Quem o visita?

A que horas? pois não vejo ninguém, perguntavam-se entre si,pois o Zé sempre com um brilho nos olhar ,e, respondeu o Zé; Todos os dias ao meio dia, Ele vem ficar ao pé da cama e quando olho para Ele, sorri e diz:
"Oi Zé, Eu sou Jesus, vim te visitar".
(anônimo)"

..............

Este conto simples, demonstra que não necessitamos do culto exterior, de adorações espetaculares, de fé cega, de sacrifícios exdrúxulos, de penitências, de declarações de crença, e de confissões etc, para sintonizar com o Mestre.

Basta a simplicidade da cumplicidade no amor!
Enviada por João Nascimento - 04 Outubro 2010 - Religion & Spirituality - 15 Resposta(s)
03 de Outubro, nascimento daquele que irá revolucionar o futuro da religião, da filosofia e da própria ciência.

Seu trabalho de implantação das bases da codificação espírita reorienta o pensamento humano no que diz respeito à espiritualidade, influenciado dos os ramos do conhecimento.

"O Progresso da humanidade tem seu princípio na aplicação da Lei de Justiça, de Amor e de Caridade" - ALLAN KARDEC.
Enviada por João Nascimento - 03 Outubro 2010 - Religion & Spirituality - 16 Resposta(s)
Todos sabemos hoje que os fariseus, embora certos por defenderem suas convicções íntimas, estavam errados por não enxergarem mais além.
E muitos jogaram pedra na cruz.

Com relação ao Espiritismo, a relação é a mesma.
O Espiritismo luta pela paz e pelo progresso da humanidade, portanto a serviço do bem.
E muitos religiosos somente o enxerga como demoníaco.

Jesus também foi acusado de demoníaco, por sua idéias.

Esses religiosos modernos se comportam como velhos fariseus em relação ao Espiritismo.
+++++++

Caro Carlos M

Você está invertendo a ordem das coisas.
Não sei se por ignorância ou malícia.
Fariseus eram religiosos tradicionais.
Você se comporta como um religioso tradicional.
Não te condeno, pois você defende com ardor o que você julga como certo.

Somente estou dizendo que assim como ao fariseu, tua visão é limitada.

Só para constar, esta pergunta foi inspirada em você, meu amigo.
Enviada por João Nascimento - 02 Outubro 2010 - Religion & Spirituality - 17 Resposta(s)
Muitos criticam a evolução espiritual dizendo que não conseguem notá-la.

A evolução é individual, quem atinge níveis elevados vão para outros mundos, ficando aqui somente a ralé.
Mas não estamos muito interessados nos valores espirituais.

Grana, Sexo, Poder, Prazer, Ódio é que prevalecem nas pessoas. Criticar o que?
++++++

Junior,


O fato é que surgem muitas perguntas nas quais os usuários dizem não compreender que há uma evolução espiritual na humanidade, haja vista o desequilíbrio dominante.
Dizem ainda, não ver este progresso em função da reencarnação, pois segundo dizem, a humanidade já deveria ser perfeita.
Entendeu?
Prazer, no caso, em relação à satisfação dos interesses imediatos.
+++++++++

Carlos M

Pergunto ao amigo se você concorda com a resposta da usuária Mensageira do Amor.
A usuária se inspirou na literatura de Kardec.
Tenho prá mim que Kardec prestou um relevante serviço para a humanidade.
Foi um pedagogo conceituadíssimo na França, responsável por uma grande reforma do ensino francês, a pedido do governo.
Além disso, codificar o Espiritismo foi seu maior contributo.
Compará-lo a Hitler, é no mínimo um atestado de ignorância cultural.
Acredito que por sua renitência, se você fosse um fariseu da época do Cristo, você jogaria pedra na cruz.
"Notas de Bem Viver


Por maiores sejam os obstáculos, procura doar o melhor de ti, na execução das tarefas que te cabem.

Se erraste, recomeça.

Se caíres, pensa em tua condição de criatura humana, reajusta as próprias emoções e reergue-te para caminhar adiante.

Desânimo, em muitos casos, é a ausência de aceitação do que ainda somos, ante a pressa de ser o que outros, pelo esforço próprio nas estradas do tempo, já conseguem ser.

Coragem é a força que nasce da nossa própria disposição de aprender e de servir.

Não te ausentes dos próprios encargos.

Dever cumprido é passaporte ao direito que anseias usufruir.

Não acredites em felicidade no campo íntimo, sem o teu próprio trabalho para construí-la.

Toda realização nobre se levanta na base da perseverança no bem.

Compadece-te dos que, porventura, te firam e, ao recordá-lo, exerce a bondade sem ressentimento.

Não exijas de ninguém a obrigação de seguir-te os modelos de vida e pensamento.
Protege as crianças, tanto quanto se te faça possível, mas não te tortures, ante a escolha dos adultos que esperam de ti o respeito às experiências deles, tanto quanto reclamas o acatamento alheio para com as tuas.

Distribui otimismo e simpatia.

Irritação não edifica.

Não percas tempo com lamentações inúteis, reconhecendo que há sempre alguém a quem podes beneficiar com essa ou aquela migalha de apoio e generosidade.

Deixa algum sinal de alegria onde passes.

Quando os problemas do cotidiano se te façam difíceis, ao invés de inconformação ou de azedume, usa a paciência.

Sempre que necessário, empenha-te a ouvir esse ou aquele assunto, com mais atenção para que possas compreender isso ou aquilo com mais segurança.

Lembra-te de que falando ou silenciando, sempre é possível fazer algum bem.
Grande entendimento demonstra a criatura que vive a própria vida do melhor modo que se faça possível, concedendo aos outros o dom de viverem a vida que lhes é própria, como melhor lhes pareça."

Emmanuel
Enviada por João Nascimento - 02 Outubro 2010 - Religion & Spirituality - 12 Resposta(s)
E não é ao demo, mas à fonte de todo bem, a qual buscamos de dentro de nós mesmos!
Afinal, o "Reino de Deus está dentro de vós"

............................

"Senhor, no silêncio deste dia que amanhece,
venho pedir-Te a Paz, a Sabedoria, o Bom Ânimo.
Quero olhar hoje o mundo
com olhos cheios de Amor.
Ser paciente, compreensivo,
manso e prudente.
Ver além das aparências
teus filhos como Tu mesmo os vês,
e assim, não ver, senão o bem em cada um.
Cerra meus ouvidos a toda calúnia.
Guarda minha língua de toda maldade.
Que eu seja tão bondoso e alegre
que todos quantos se achegarem a mim,
sintam a Tua presença.
Reveste-me de Tua beleza espiritual, Senhor,
e que no decurso deste dia,
eu Te revele a todos no ensinamento de Amai-vos uns aos outros."
+++++++++++

Mas ateus e céticos também fazem prece.
A Igreja Positivista com sua Religião: A Humanidade é o ponto de encontro para cultuar sua fé.

Todos buscamos, mesmo inconscientemente às vezes, essa ligação espiritual.

O imperativo da flor buscar o Sol no heliotropismo corresponde a busca do homem por sua identidade Maior.
Enviada por João Nascimento - 01 Outubro 2010 - Religion & Spirituality - 11 Resposta(s) - Respondida
"É comum, em nossos dias, ouvirmos reclamações por parte de pessoas que se
sentiram desrespeitadas em seus direitos.

É o médico que marca uma hora com o paciente e o deixa esperando por longo
tempo, sem dar satisfação.

É o advogado que assume uma causa e depois não lhe dá o encaminhamento
necessário, deixando o cliente em situação difícil.

É o contador que se compromete perante a empresa em providenciar todos os
documentos exigidos por lei e, passados alguns meses, a empresa é autuada
por irregularidades que este diz desconhecer.

É o engenheiro que toma a responsabilidade de uma obra, que mais tarde
começa a ruir, sem que este assuma a parte que lhe diz respeito.

É o político que promete mundos e fundos e, depois de eleito, ignora a
palavra empenhada juntos aos seus eleitores.

Esses e outros tantos casos acontecem com freqüência nos dias atuais.

É natural que as pessoas envolvidas em tais situações, exponham a sua
indignação junto à sociedade, e reclamem os seus direitos perante a justiça.

Todavia, vale a pena refletirmos um pouco sobre a origem dessa falta de
honradez por parte de alguns cidadãos.

Temos de convir que todos eles passaram pela infância e, em tese, podemos
dizer que não receberam as primeiras lições de honra como deveriam.

Quando os filhos são pequenos, não damos a devida atenção às suas más
inclinações ou, o que é pior, as incentivamos com o próprio exemplo.

Se nosso filho desrespeita os horários estabelecidos, não costumamos cobrar
dele uma mudança de comportamento.

Se prometem alguma coisa e não cumprem, não lhes falamos sobre a importância
da palavra de honra.

Assim, a palavra empenhada não é cumprida, e nós não fazemos nada para que
seja.

Ademais, há pais que são os próprios exemplos de desonra. Prometem e não
cumprem. Dizem que vão fazer e não fazem. Falam, mas a sua palavra não tem o
peso que deveria.

É importante que pensemos a respeito das causas antes de reclamar dos
efeitos.

É imprescindível que passemos aos filhos lições de honradez.

Ensinar aos meninos que as irmãs dos outros devem ser respeitadas tanto
quando suas próprias irmãs.

Que a palavra sempre deve ser honrada por aquele que a empenha.

Ensinar o respeito aos semelhantes, não os fazendo esperar horas e horas
para só depois atender como que estivéssemos fazendo um grande favor.

Enfim, ensinar-lhes a fazer aos outros o que gostariam que os outros lhes
fizessem, conforme orientou Jesus.

* * *

Não há efeito sem causa. Todo efeito negativo, tem uma causa igualmente
negativa.

Por essa razão, antes de reclamar dos efeitos, devemos pensar se não estamos
contribuindo com as causas, direta ou indiretamente."

Muita Paz

Gilberto Adamatti

Equipe de Redação do Momento Espírita
Enviada por João Nascimento - 28 Setembro 2010 - Religion & Spirituality - 12 Resposta(s) - Respondida
Isso equivale a dizer:

"Adoro laranja, mas odeio a laranjeira."


Não é errado afirmar, aliás é justo afirmar que o comportamento polido, civilizado, do espírita é devido a sua gratidão pela Doutrina Espírita.

Costumo dizer que o Espiritismo faculta libertar o ser de vícios morais, preconceitos, de toda sorte de dogmatismo exacerbado.
Liberta sobretudo do próprio ego, dando razões para a expansão do altruísmo.
Mas ao mesmo tempo que liberta, escraviza-o ao dever ao bem, nas suas mais diversas acepções.

Em boa pedagogia, o conceito de aprendizagem é MUDANÇA DE COMPORTAMENTO.
Desse modo, a reforma íntima é amplamente divulgada no meio espírita.
Kardec define que o inimigo do Espiritismo não está fora de suas fileiras, mas dentro.
É o que fala, ensina, mas não pratica.

É evidente muitos de nós espíritas não conseguimos demonstrar a excelsitude daqueles ensinamentos, mas não é falta de informação.
Por último, desejo dizer que o verdadeiro espírita, segundo ainda definição de Kardec, é aquele que se esforça, continuamente, para dominar suas más tendências.
........
Então não é ninguém perfeito, apenas deseja ser menos pior.
++++++

Caro pitoca67

Manda a sensatez que seja controlada a exaltação própria, isso é evidente.
Se todos nós seres humanos respeitássemos ao menos o código de trânsito e as convenções de condomínio, já haveria muita paz no mundo.
Os ensinamentos morais do Cristo referem-se a um paraíso não distante daqui, pois começam dentro de nós.
Em vão buscaremos por um céu que não construísmo na Terra.
Por isso as relações sociais não estão dissociadas do aspecto religioso, considerando o ser integral.
++++++

Caro pitoca67

Manda a sensatez que seja controlada a exaltação própria, isso é evidente.
Se todos nós seres humanos respeitássemos ao menos o código de trânsito e as convenções de condomínio, já haveria muita paz no mundo.
Os ensinamentos morais do Cristo referem-se a um paraíso não distante daqui, pois começam dentro de nós.
Em vão buscaremos por um céu que não construísmo na Terra.
Por isso as relações sociais não estão dissociadas do aspecto religioso, considerando o ser integral.
Enviada por João Nascimento - 25 Setembro 2010 - Religion & Spirituality - 6 Resposta(s) - Respondida
Se o indivíduo ateu ou cético, não for "tapado" de tudo das questões espirituais, se não for extremamente radical, e se não for preconceituoso culturalmente falando, descobrirá que o Espiritismo fundamenta-se em três aspectos: Religioso-Filosófico-Científico.

Às vezes, a falta de humildade e o orgulho excessivo, afastam o indivíduo de algo de aparência simples, mas que encerra magnificas informações.

DO PONTO DE VISTA RELIGIOSO:

Observo que isto ocorre com o Espiritismo. Por que ele aborda questões ditas religiosas, de imediato sofre o preconceito cultural.
Não sabem que essa abordagem tem por objetivo libertar o ser do dogmatismo, do culto exterior, da adoração estéril, do mercantilismo da fé, da visão desse deus antropomórfico e do radicalismo.
E não teria como atingir tais objetivo no íntimo do ser, sem entrar nestas questões.


DO PONTO DE VISTA CIENTÍFICO:

A mediunidade sempre foi estigmatizada como demoníaca ou feitiçaria etc.João Paulo II, pouco antes de morrer, pediu perdão à humanidade por alguns erros da Igreja.Joana D'arc foi um destes pedido, pois ela foi morta na fogueira da inquisição, acusada de feiticeira, só porque disse ter visto Espíritos.
O Espiritismo estuda a mediunidade e os fenômenos em torno da mesma.
É surpreendente o número de pesquisadores que já estudaram-na.
Homens do próprio movimento científico, presidentes de academia de Ciências, e pesquisadores independentes.
Os fenômenos estão catalogados. Foram estudados exaustivamente.Até a reencarnação há mais de 2000 fatos observados em todo o mundo, para os quais somente a teoria reencarnacionista os explicam de modo satisfatório.
Evidente que se eu for me extender, citando fatos e pesquisadores seria necessário páginas e páginas para este fim.
Ademais, para quem realmente deseja saber, basta pesquisar sobre "fatos espíritas", "autores clássicos espíritas" ou "obras espíritas", terá somente que cotejar, comparar, pois aparecem muitas informações que não são fiéis à realidade dos fatos.

DO PONTO DE VISTA FILOSÓFICO:

Da análise dos fenômenos e da produção literária proveniente do intercâmbio com os chamados Espíritos depreende-se um conjunto de informações agrupadas num sistema filosófico pois responde às questões e inquetações humanas.
Muito se há produzido dentro da Filosofia Espírita.
Estas informações deste longa data, tem chamado à atenção de muitos sábios, poetas renomados e até homens como do povo, tal como eu, rsrs.

Em fim, para aquele que rompendo a densa muralha do preconceito, tanto religioso quanto cultural, se encantará com a grandiosidade da DOUTRINA ESPÍRITA.
+++++++++

Sobrinho


Desculpe-me, mas a análise equivocada tua, te impede de enxergar mais amplamente.
O que você diz e a maioria equivale a isso:
"Adoro laranja,mas odeio o pé de laranja."

Meu caro, o comportamento dos espíritas são agradáveis, no seu conjunto, pois aprenderam no Espíritismo a necessidade de uma reforma íntima.
Todo espírita senti um dever moral de exemplificar a excelência dos ensinos espíritas.
O Espiritismo liberta o ser até do próprio ego, no entanto escraviza-o ao dever do bem, do bom e do belo.
+++++++

Rafael Elder

Ironia do destino, talvez, mas o pesquisador que a ajudou a alimentar tuas idéias céticas, igualmente conheceu os fenômenos espíritas.
Alfred Russel Wallace, o pai da Teoria da Evolução, ao lado de Darwim, também conheceu o Espiritismo, estudou os fenõmenos que você ridiculariza, SEM CONHECER, e tornou-se o maior divulgador do Espiritismo a seu tempo, em Londres.
Fundou o Institutuo de Pesquisas Psíquicas, para dar uma explicação NATURAL aos fenômenos atribuídos aos Espíritos.
Não se esqueça meu caro, os Espíritos estão na NATUREZA.
Enviada por João Nascimento - 25 Setembro 2010 - Religion & Spirituality - 15 Resposta(s) - Respondida
USP.
Tese de Doutorado
Título original "Fenomenologia das experiências mediúnicas, perfil e psicopatologia de médiuns espíritas"
Autor Almeida, Alexander Moreira de
E-mail alexma@usp.br
Unidade Faculdade de Medicina (FM)
Área de concentração Psiquiatria
Orientador ¤ Lotufo Neto, Francisco
Banca Examinadora ¤ Caixeta, Leonardo Ferreira
¤ Dalgalarrondo, Paulo
¤ Lotufo Neto, Francisco
¤ Menezes, Paulo Rossi
¤ Vallada Filho, Homero Pinto
Data da Defesa 22/02/2005
Palavras-chave ¤ classificação
¤ epidemiologia
¤ espiritismo
¤ espiritualismo
¤ etnologia
¤ psicologia
¤ religião e psicologia
¤ transtornos dissociativos
¤ transtornos psicóticos
Resumo Original
"Objetivos: Definir o perfil sociodemográfico e a saúde mental em médiuns espíritas,bem como a fenomenologia e o histórico de suas experiências mediúnicas. Métodos: 115 médiuns em atividade foram selecionados aleatoriamente de centros espíritas de São Paulo. Numa primeira etapa foram aplicados os questionários: sociodemográfico e de atividade mediúnica, SRQ (Self-Report Psychiatric Screening Questionnaire) e EAS (Escala de Adequação Social). Todos os médiuns com provável psicopatologia pelo SRQ (n=12) e o mesmo número de controles foram entrevistados com base no DDIS (Dissociative Disorders Interview Schedule), SCAN (Schedules for Clinical Assessment in Neuropsychiatry) e através de uma entrevista qualitativa. Resultados: 76,5% da amostra eram mulheres, idade média 48,1 ± 10,7 anos, 2,7% de desemprego e 46,5% de escolaridade superior. Eram espíritas, em média, há 16,2 ± 12,7 anos e possuíam uma média de 3,5 tipos de mediunidade (incorporação 72%; psicofonia 66%; vidência 63%; audiência 32%; psicografia 23%). Cada modalidade mediúnica era exercitada entre 7 a 14 vezes por semana em média, não havendo diferença entre os sexos. 7,8% dos médiuns ficaram acima do ponto de corte para transtorno psiquiátrico menor pelo SRQ e a amostra alcançou uma pontuação de 1,85 ± 0,33 na EAS. Houve correlação significativa entre os escores de adequação social e de sintomas psiquiátricos pelo SRQ (r= 0,38 p<0,001). Não houve correlação entre a intensidade de atividade mediúnica e os escores SRQ e adequação social. Os médiuns diferiam das características de portadores de transtornos de identidade dissociativa e possuíam uma alta média (4) de sintomas Schneiderianos de primeira ordem para esquizofrenia, mas estes não se relacionaram aos escores do SRQ ou do EAS. Foram identificados quatro grupos de relatos de surgimento da mediunidade: sintomas isolados na infância ou na vida adulta, quadros de oscilação do humor e durante o curso de médiuns. A psicofonia/incorporação possui como pródromos uma sensação de presença, sintomas físicos diversos e sentimentos e sensações não reconhecidos como próprios do indivíduo. Posteriormente, é sentida uma pressão na garganta e mecanicamente começa-se a verbalizar um discurso não planejado. Aintuição foi caracterizada pelo surgimento de pensamentos ou imagens não reconhecidos como próprios. A audição e a vidência se caracterizaram pela percepção de imagens ou vozes no espaço psíquico interno ou objetivo externo. A psicofonia só ocorria no centro espírita, as demais modalidades mediúnicas ocorriam tanto dentro como fora dos centros espíritas Conclusões: Os médiuns estudados evidenciaram alto nível socioeducacional, baixa prevalência de transtornos psiquiátricos menores e razoável adequação social. A mediunidade provavelmente se constitui numa vivência diferente do transtorno de identidade dissociativa. A maioria teve o início de suas manifestações mediúnicas na infância, e estas, atualmente, se caracterizam por vivências de influência ou alucinatórias, que não necessariamente implicam num diagnóstico de esquizofrenia."¶
+++++++++

Belo Horizonte - Ter visões, escutar vozes e sentir a presença de seres não visíveis são consideradas manifestações de mediunidade (capacidade humana que permite a comunicação entre humanos e espíritos), mas também podem ser interpretadas como sintomas de esquizofrenia (doença mental caracterizada por alucinações). Diferenciar uma coisa da outra é o objetivo de um estudo desenvolvido pelo Núcleo de Pesquisas em Espiritualidade e Saúde (Nupes) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF).

"Infelizmente, muitas vezes pessoas portadoras de transtornos mentais abandonam seus tratamentos médicos pensando ter apenas experiências espirituais, o que é um erro que deve ser evitado, pois podem haver graves consequências para os pacientes", observa o orientador da pesquisa e diretor do Nupes, Alexander Moreira-Almeida. Denominada Um estudo prospectivo para o diagnóstico diferencial entre experiências mediúnicas e transtornos mentais, a investigação teve início em abril do ano passado e está na fase de coleta de dados, com conclusão prevista para o fim de 2011.
Enviada por João Nascimento - 24 Setembro 2010 - Religion & Spirituality - 7 Resposta(s) - Respondida
 
Páginas [1]  2  3  4  5    Próxima