Gloog  
Respostas · Local · Imagens · Vídeos · Notícias
    
Procurar palavra-chave em:          
Gloog Respostas  
Saiu no UOL:


FHC volta a dizer que assinou sem ler decreto de sigilo eterno


BRENO COSTA
DE BRASÍLIA

O ex-presidente tucano Fernando Henrique Cardoso voltou a afirmar nesta quinta-feira que assinou o decreto que cria o sigilo eterno em relação a determinados documentos produzidos pelo governo sem saber do que se tratava.

?Fiz sem tomar conhecimento. Foi no último dia do mandato, tinha uma pilha de documentos e eu só vi dois anos depois. O que é isso? Mandei reconstituir para saber o que era?, afirmou FHC ao chegar ao gabinete do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP).



ESSE É O MAIS PREPARADO? KKKKKKK...
Enviada por Laíse Duarte - 30 Junho 2011 - Government - 9 Resposta(s) - Respondida
"Para realizar uma retrospectiva do que foram os 8 anos de governo Lula com trechos de suas próprias reportagens ao longo desse período, a Globo se viu forçada a realizar o que espectador da emissora só poderá assistir nos links abaixo, porque a Rede Globo censurou a si mesma." (Por Raul Longo)


http://www.youtube.com/watch?v=wbSo83KbO...

(Este vídeo foi feito a partir do material exibido no jornalismo da TV Globo entre 27/10/2002 a 01/01/2011).

Essa pérola que foi editada e revela a hiprocrisia, o abuso de poder na formação de opinião pública como meio de ludibriar a população explorando a ignorância e os mais mesquinhos sentimentos humanos.


Adorei..... a charge é demais!!!!
Enviada por Laíse Duarte - 06 Junho 2011 - Politics - 1 Resposta(s) - Respondida
Os políticos lotaram a plateia de Hebe Camargo na gravação de seu primeiro programa na Rede TV!. A estrela da noite, claro, foi a presidenta Dilma Rousseff.

Em todos os blocos, Hebe referiu-se a Dilma, que falou muito de sua rotina no Palácio da Alvorada (por meio de video, em entrevista pré-gravada).

Numas principais mesas de jantar (a plateia para 500 convidados foi montada ao estilo do prêmio americano Globo de Ouro) estava o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, com dona Lu, e o ex-governador José Serra, com dona Mônica, e em outra mesa, um pouco mais ao lado, o ex-ministro José Dirceu.

Hebe:

- Olha ali o Zé Dirceu, que bom que você veio. E o Serra está bem ali ao lado dele.

Não era. Era outro careca.

Quando Hebe citou Dilma pela enéssima vez, Serra levantou-se e foi embora. Eram pouco mais de 21h30 e ainda faltava quase uma hora de gravação.

O programa vai ao ar dia 15. No video, Serra vê, mais uma vez, Dilma no telão.
http://colunistas.ig.com.br/poderonline/...

http://colunistas.ig.com.br/poderonline/...
Enviada por Laíse Duarte - 02 Março 2011 - Civic Participation - 8 Resposta(s) - Respondida
Desculpe não dá postar tudo, porém vou deixar o link, para que leiam esta maravilhosa matéria.

?Não faço o que faço porque quero. Faço o que a sociedade me diz que tem de ser feito?.
Com esta frase o nordestino e operário emigrante, semianalfabeto, mostrou que a estrutura e a cultura do Poder estão mudando no Brasil, para que o país alcance uma situação inimaginável ainda ao final do século XX.

Por Raul Longo (*)
Desde Spartacus (109 ? 71 a.C.) muitas lideranças populares fizeram por merecer honras, comendas e elogios. Homens e mulheres. Mas poucos, talvez nenhum, foi tão distinguido quando o torneiro mecânico Lula da Silva.
Realidade bastante difícil de ser assimilada pelos 4% da população que se mantêm insatisfeita. Insatisfeita mais com a pessoa do que com o desempenho de Lula na Presidência. Desse desempenho pouco ou nada sabem, mas, impossibilitados de superar preconceitos e condicionamentos, jamais haverão de considerar dados e fatos que consagram Lula perante o mundo.
Por mais que a situação individual de um desses acompanhe a melhoria de condições de vida de todos os brasileiros, em meio a uma crise financeira mundial, continuarão se sentindo fracassados por serem salvos por alguém de uma classe ou cultura que prejulgam inferior.
[....]
Mas a insignificância proporcional dessa parcela da população serve apenas para destacar o resultado inédito na política mundial, em avaliação aferida ao final de um segundo mandato de governo. Desempenho inferior após uma reeleição é sempre esperado, mas no Brasil se inverteu essa tradicional relação e Lula termina seu governo inutilizando um coeso esforço de todos os organismos de mídia de seu país que, desde quando liderou reivindicações de reposições salariais em 1977, fomentou o medo e utilizou de preconceitos para desacreditar sua personalidade e caráter.
Evidente que depois de 3 décadas destratando e tentando imputar a Lula pechas de ignorante, incapaz, néscio, despreparado, estúpido, corrupto, ladrão, demagogo, aliado de tiranos, chefe de celerados e até estuprador; os profissionais de mídia do Brasil: colunistas, apresentadores de programas de TV e emissoras de rádio, cômicos, articulistas, cronistas, comentaristas, analistas econômicos e políticos dos principais veículos de comunicação, não podem fazer eco aos seus colegas dos Estados Unidos e Europa, ainda que neles tenham se pautado por toda a carreira. Filhos da imprensa estrangeira, agora se veem vexados a esconder as informações de seus mentores.
Tem sido uma árdua tarefa o tentar esconder a repercussão internacional do desempenho de Lula, até porque nenhum brasileiro jamais foi tão exaltado pela comunidade das nações e, sem dúvida, muito constrangedor reconhecer que o homem que com tantas certezas profetizaram como o maior desastre político do país, tenha se tornado uma das personalidades mundiais de maior destaque nos tradicionais veículos de comunicação do planeta.
Claro que se tenta omitir, mas brasileiros e estrangeiros que muito viajam a negócios ou mesmo a passeio, constantemente relatam sobre a estampa de Lula nas livrarias, bancas de jornal e revistarias dos aeroportos ou ruas de Paris, Nova Iorque, Istambul, Buenos Aires, Tóquio, Cairo, Sidney, Toronto, Johanesburgo, Berlim ou qualquer cidade do mundo. Alguns chegam a mencionar que os closes de Lula se sucedem entre fotos impressas e imagens de telenoticiários, muitas vezes com mais insistência do que a da Rainha da Inglaterra ou do Presidente dos Estados Unidos.
[...]
Também responsáveis pela manutenção por 2 décadas do mais impopular dos regimes que se impôs ao país: o da ditadura militar, ajudaram a eleger todos seus incompetentes sucessores, mas há 3 eleições se vêem sucessivamente derrotados por um operário que além de nordestino e emigrante, ainda elegeu para sua sucessão uma mulher. A primeira mulher a presidir o país de uma sociedade secularmente formada ao racismo, elitismo e machismo!
Será esse o grande legado dos 8 anos de governo Lula aos brasileiros? Liberar o povo do condicionamento, da inconsciência política, dos preconceitos induzidos por suas elites?
Promover a ascensão de uma mulher à presidência? Desmentir e ridicularizar os engodos da mídia?
Se assim é no Brasil, nos demais países do mundo os 4% que aqui consideram o governo Lula ruim ou péssimo são ainda mais insignificantes. Tanto entre nações e grupos de orientação socialista quanto entre os principais representantes do capitalismo, como ocorreu com o Conselho de Davos que depositou em Lula suas esperanças para o conturbado cenário econômico, reconhecendo-o como Estadista Global.
Será este, então, o grande legado do nordestino emigrante, operário e semianalfabeto?
http://quemtemmedodolula.blogspot.com/20...

Apesar de tão achincalhado, ofendido, destratado, caluniado e aviltado pela imprensa de seu próprio país, os mais tradicionais e destacados veículos de imprensa dos Estados Unidos, da Inglaterra, da França, da Espanha, da Itália, da Alemanha e de diversos outros países dos demais continentes, creditam à Lula expectativas sem precedentes.
[...]

Não se trata apenas do tão decantado carisma a que muitos atribuem todo o sucesso de Lula, às vezes até para justificá-lo apesar de nordestino, emigrante, operário, etc. e tal. Para superar tão sistemática e intensa mobilização diária de páginas e minutos dos mais poderosos meios de condicionamento de massas e pressões da elite econômica, por mais de 3 décadas, é preciso muito mais do que carisma. Muito mais do que apenas ser competente no exercício do cargo, muito mais do que somente promover justiça social e dirimir desigualdades.
Será que o mundo tem real noção do que
Enviada por Laíse Duarte - 21 Dezembro 2010 - Politics - 2 Resposta(s) - Respondida
Bomba ! Bomba !
Veja a capa da Veja
http://www.conversaafiada.com.br/pig/201...
Observação: Esta postagem foi uma crtíca a revista Veja, ja que na semana anterior fez uma capa parecida com Dilma. Mais a "vendida" veja não tem coragem de mostrar as mentiras do Serra.

Agora a ISTOÉ fez a capa que todos esperavamos de a vendida veja fizesse.

http://www.conversaafiada.com.br/pig/201...

Memélia: não me ofenda assim colocando que o Zé baixaria é meu candidato.. verifique nas minhas perguntas e respostas que sou anti tucano, anti-serra, anti -FHC.
Abraços...
Enviada por Laíse Duarte - 15 Outubro 2010 - Elections - 4 Resposta(s) - Respondida
Em maio passado, a revista Veja publicou reportagem, assinada por Fernando Mello e Marina Dias, sobre "o homem-bomba do tucano Aloysio Nunes". Não foi capa da edição e nem teve desdobramento na apuraçao nas semanas seguintes, com sempre ocorre, com grande estardalhaço, quando a denúncia se refere ao governo Lula. Mesmo assim, foi uma boa reportagem, que até poderia ter sido aproveitada por Dilma Rousseff - mas o seu comando de campanha preferiu seguir a linha marqueteira do "paz e amor".
Agora, porém, com o retorno do assunto ao debate eleitoral, bem que a revista Veja, que ainda engana muita gente com sua falsa neutralidade, poderia voltar ao assunto. No debate da Band, Dilma Rousseff finalmente usou a denúncia da revista. O assunto é relevante. Serra está incomodado. Fica irritadinho quando algum jornalistas menciona o tema. Com algumas atualizações, a reportagem já está pronta e o "homem-bomba" até poderia virar uma chamativa capa da Veja. Será que a famíglia Civita dará esta importante contribuição à verdade, à ética jornalística e à democracia brasileira?

Por Altamiro Borges.

http://noticias.r7.com/eleicoes-2010/not...
Enviada por Laíse Duarte - 15 Outubro 2010 - Elections - 9 Resposta(s) - Respondida
GLOBO ESCONDE PROTESTO CONTRA SERRA
.
O descaramento de sempre das mídias que são aliadas aos tucanos.


A Record mostra que Serra foi vaiado quando pisou em território de gente comum. A Globo diz que ele foi abraçado. Dá pra acreditar?


A mesmíssima matéria com duas versões diferentes!


Porém, independentemente de qual das matérias você acredite mais, repare na humildade de Serra. Ele tem experiência em tudo. Em criar maioria (deu pra ver como ele criou maioria dentro do próprio PSDB em torno de sua campanha), em meio-ambiente. Em economia (cadê o diploma que ele nunca entregou ao TRE?).


Serra criou o céu e a terra. Serra é professor de Deus.


Primeiro a laranjada da Globo:

http://www.youtube.com/watch?v=tS1zLgeQn...

Agora a versão da Record.

http://www.youtube.com/watch?v=tS1zLgeQn...

Olha a VERGONHA da mídia brasileira.
Enviada por Laíse Duarte - 06 Outubro 2010 - Elections - 5 Resposta(s) - Respondida
Edição 2127 / 26 de agosto de 2009

na Veja
Brasil
?LULA NÃO FARÁ SEU SUCESSOR?
Oscar Cabral

Carlos Augusto Montenegro é um dos mais experientes analistas do cenário político nacional. Presidente do Ibope, empresa que virou sinônimo de pesquisa de opinião pública no Brasil, ele acompanhou com lupa todas as eleições realizadas no país desde a volta à democracia, em 1985. Agora, faltando pouco mais de um ano para a sucessão presidencial, Montenegro faz uma análise que o consagrará se acertar. Se errar? Bem, dará às pessoas o direito de igualarem seu ofício às brumas da especulação. Em entrevista ao editor Alexandre Oltramari, Montenegro aposta que o governo, apesar da imensa popularidade do presidente Lula, não conseguirá fazer o sucessor ? no caso, a ministra Dilma Rousseff. Também afirma que o PT está em processo de decomposição.

MAIS DEPOIS DE UM ANO...........

Na IstoÉ
N° Edição: 2129 | 27.Ago. 2010 ? 21:00
por Octávio Costa e Sérgio Pardellas

?O Brasil já tem uma presidente?

Presidente do Ibope admite que errou ao prever que Lula não faria o sucessor e diz que Dilma Rousseff será eleita no primeiro turno

Há exatamente um ano, o presidente do Ibope, Carlos Augusto Montenegro, declarou que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva não faria o sucessor, apesar da alta popularidade. Na ocasião, o responsável por um dos mais tradicionais institutos de pesquisas do País assegurava que o presidente não conseguiria transferir seu prestígio pessoal para um ?poste?, como tratava a ex-ministra Dilma Rousseff. Agora, a um mês das eleições e respaldado por números apresentados em pesquisas diárias, Montenegro faz um mea-culpa. ?Errei e peço desculpas. Na vida, às vezes, você se engana?, afirmou. ?O Brasil já tem uma presidente. É Dilma Rousseff.? Segundo Montenegro, a ex-ministra da Casa Civil vem se conduzindo de forma convincente e confirma, na prática, o que o presidente disse sobre ela na histórica entrevista concedida à ISTOÉ na primeira semana de agosto: ?Lula acertou. Dilma é um animal político. Está mostrando muito mais capacidade do que os adversários.?

O tucano José Serra, na opinião do presidente do Ibope, faz uma campanha sem novidade, velha e antiga. ?O PSDB está perdido?, assegura. Neste fim de semana, o Ibope vai divulgar uma nova pesquisa, que confirmará a categórica vantagem da petista. ?Fazemos pesquisas ¬diárias. E Dilma não para de crescer. Abriu 20 pontos em Minas, onde Serra já esteve na frente. Empatou em São Paulo, mas ali também vai passar. Essa eleição acabou?, conclui Montenegro.

A entrevista:

Istoé ? O sr. disse que o presidente Lula não conseguiria transferir seu prestígio para a ex-ministra Dilma Rousseff, mas as pesquisas mostram o contrário. O sr. ain¬da sustenta que o presidente não fará o sucessor?

CARLOS AUGUSTO MONTENEGRO ? Eu nunca vi, em quase 40 anos de Ibope, uma mudança na curva, como aconteceu nesta eleição, reverter de novo. Por mais que ainda faltem 30 e poucos dias para a eleição, o Brasil já tem uma presidente. É Dilma Rousseff. Ela tem 80% de chances de resolver a eleição no primeiro turno. Mas, se não for eleita agora, será no segundo turno.

Istoé ? A que o sr. atribui essa virada?

CARLOS AUGUSTO MONTENEGRO ? Houve uma série de fatores. Primeiro a transferência do Lula, que realmente vai sair como o melhor presidente do Brasil. Um pouco acima até do patamar de Getúlio Vargas e de Juscelino Kubitschek. O segundo ponto é o preparo da candidata Dilma. Ela tem mostrado capacidade de gestão, equilíbrio, tranquilidade e firmeza. A terceira razão é seu bom desempenho na televisão, inclusive nos debates e entrevistas. Lula acertou ao dizer, em entrevista à ISTOÉ, que ela era um animal político. Está mostrando muito mais capacidade que os adversários e mostra que tem preparo para ser presidente.
[....]
Istoé ? O bom momento da economia, a geração de empregos e o consumo em alta não fazem do governo Lula um cabo eleitoral imbatível?

CARLOS AUGUSTO MONTENEGRO ? Essa, para mim, é a razão principal. O Brasil nunca viveu um momento tão bom. E as pessoas estão com medo de perder esse momento. O Plano Real acabou derrotando o Lula duas vezes. Mas o Lula, com o governo dele, sem querer ou por querer, acabou criando um plano que eu chamo de imperial. É o império do bem, em que cerca de 80% a 90% das pessoas pelo menos subiram um degrau. Quem não comia passou a comer uma refeição por dia, quem comia uma refeição passou a fazer duas, quem nunca teve crédito passou a ter crédito, quem andava a pé passou a andar de bicicleta ou moto, quem tinha carro comprou um mais novo e quem nunca viajou de avião passou a viajar. Os industriais também estão felizes, vendendo o que nunca venderam. Os banqueiros idem.

Entrevista completa em:
http://www.viomundo.com.br/politica/papo...
Enviada por Laíse Duarte - 31 Agosto 2010 - Elections - 13 Resposta(s) - Respondida
O discurso de Lula mostra que, 56 anos depois, o povo brasileiro está às portas de ser, definitiva e irrevogavelmente, protagonista da História brasileira.
Assista o vídeo e divulgue.
http://www.youtube.com/watch?v=keyVjdMFJ...

http://www.youtube.com/watch?v=keyVjdMFJ...

http://www.youtube.com/watch?v=keyVjdMFJ...
Enviada por Laíse Duarte - 25 Agosto 2010 - Elections - 13 Resposta(s) - Respondida
O jingle do candidato José Serra acumula as funções de tentativa de fraude e confissão de derrota.

Depois de sete anos e meio de ataques coléricos ao presidente e ao seu governo, os demotucanos chegam à eleição com um jingle em que o refrão grita, com todas as letras, o nome de Lula da Silva, mas não o nome do seu próprio candidato, José Serra.
x

Quando Lula da Silva sair

É o Zé que eu quero lá

Com Zé Serra eu sei que anda

É o Zé que eu quero lá

José Serra é um brasileiro

Tão guerreiro quanto eu

É um Zé que batalhou

Estudou, foi à luta e venceu

Zé é bom e eu já conheço

Eu já sei quem ele é

Pro Brasil seguir em frente

Sai o Silva e entra o Zé

José Serra foi Ministro

Deputado e Senador

Esse Zé já foi Prefeito

Zé já foi Governador

Tá testado e aprovado

Por tudo que ele já fez

Sempre teve do meu lado

Eu quero Zé Serra dessa vez

(refrão)

Quando Lula da Silva sair

É o Zé que eu quero lá

Agora é Serra Presidente do Brasil

http://joseserra.psdb.org.br/jingle-da-c...

Convenhamos. Marqueteiro e candidato perderam o senso do ridículo.

Que tal fazer um JINGLE com seu mestre FHC?

http://joseserra.psdb.org.br/jingle-da-c...

http://joseserra.psdb.org.br/jingle-da-c...
Enviada por Laíse Duarte - 19 Agosto 2010 - Elections - 12 Resposta(s) - Respondida
 
Páginas [1]  2  3  4  5    Próxima