Gloog  
Respostas · Local · Imagens · Vídeos · Notícias
    
Procurar palavra-chave em:          
Answer Search  


Tem camera nos provadores de Supermercados?


To com essa duvida pq fui em um supermercado, gostei de uma roupa e fui no provador, qnd olho pra cima parece ter uma camera. Quem sabe se tem ?
  • 03 Maio 2009

Melhor resposta - Escolhida pelo autor da pergunta

é proibido, mas pode ter sim, por malandragem e erro dos locais onde tem os provadores... aliás, vc nem pode imaginar, mas tem até motel que faz gravações escondidas, sabia? imagina então o que eles filmam?!
Ah, parece que até nos bancos tem câmera filmando o pessoal... (hauahuahuauauha)
  • resposta em: 03 Maio 2009

  • aprovada em: 09 Maio 2009

Outras Respostas (11)

  • Oeeee!!

    é proibido...claro que naum tem!!!
    • 03 Maio 2009
  • claro que não tem neh!!! =)
    hehehe.... isso é tirar a privacidade dos clientes, eles nao podem fazer isso!! ^^
    fique tranquila!!

    bjux**
    • 03 Maio 2009
  • Não deveria ter, isso pode dá cana. Grandes cadeias seguramente não tem, agora se é um supermercado/loja meia boca com um dono safado, quem sabe? Mas se descobrem...
    • 03 Maio 2009
  • Imagine-se experimentando uma roupa no provador de uma loja e, quando você menos espera, percebe que tem uma câmera lhe filmando. Foi o que aconteceu neste domingo, por volta das 14 horas, no supermercado GBarbosa localizado no Costa Azul, com a administradora de empresas Rosemary Rodrigues da Silva, 39 anos.

    ?Fui experimentar uma calça. Tirei a que estava vestida e, quando olhei para cima, percebi a câmera me filmando. Tomei um susto, tentei me esconder no cantinho do provador, mas não adiantava, porque, pelo espelho, dava para me ver completamente. Fiquei nervosa, tremendo. Me senti invadida e estou indignada?, declara ela, que prestou queixa na 9ª Delegacia, localizada na Boca do Rio, e pretende processar o supermercado por danos morais.

    A delegada de plantão da 9ª Delegacia, Maria Cristina Pereira, que registrou a queixa de Rosemary, disse que vai intimar os responsáveis da loja para que o fato seja esclarecido. ?Entendemos que houve constrangimento. Se ficar provado, vamos tomar as providências, como a instauração de um inquérito?, afirma.

    Segundo o marido de Rosemary, Ricardo Santana, que chegou ao local depois da ligação da esposa, o gerente e o encarregado de segurança da loja afirmaram que não podiam fazer nada e se mostraram despreparados para lidar com a situação. ?Eles mesmos ficaram desconcertados quando colocamos os dois dentro do provador e mostramos que a câmera filmava tudo?, conta Ricardo.

    De acordo com Rosemary, ela ficou duas horas e meia dentro do supermercado tentando resolver o problema, sem sucesso. ?Eu só queria que eles me mostrassem e apagassem as minhas imagens. Eles confirmaram que a câmera estava ligada, mas não nos permitiram ver as imagens.?

    O encarregado da segurança do GBarbosa, Jackson Costa, afirmou que não podia mostrar as imagens por determinação da empresa. Depois da reclamação de Rosemary, a única providência tomada pelo estabelecimento foi a interdição daquele provador ? único que a câmera filmava. As atendentes do supermercado ainda tentaram reverter a situação, dizendo à equipe de reportagem de A TARDE que aquele provador estava com defeito e por isso estava fechado.

    A gerente de setor, Priscila Portilho, entrou em contato com a diretoria do GBarbosa. ?Eles afirmaram que vão fazer uma vistoria no local e pediram para que vocês aguardassem o resultado do laudo, mas eu não sei informar qual o prazo para isso?. A cliente Rosemary disse ainda que já havia usado provadores do GBarbosa para experimentar biquínis, mas não tinha percebido a câmera.

    Nota à imprensa

    GBarbosa garante que denúncia sobre câmeras em provador é improcedente

    O GBarbosa, rede supermercadista nordestina, com 53 anos de mercado, vem a público manifestar toda a sua indignação e negar veementemente a denúncia publicada na matéria veiculada pelo jornal A TARDE, edição de 19 de maio de 2008, e replicada em veículos da mídia eletrônica, e prestar os seguintes esclarecimentos:

    1 - A denúncia de uma cliente de que câmeras de vídeo a filmaram dentro de um provador da loja situada no bairro Costa Azul - uma das mais modernas e bem equipadas unidades de toda a rede - não procede e é completamente infundada;

    2 - O GBarbosa sempre defendeu e zelou pela total integridade dos seus clientes, respeitando sua privacidade, individualidade e direitos cívicos e de consumidor. Seguindo estes princípios, cumpre suas obrigações respeitando as leis vigentes no País e adota uma filosofia que norteia sua história de meio século, marcada pela transparência, respeito e solidariedade.

    3 - Tão logo tomou conhecimento da reportagem dando conta de que a referida loja "filma clientes no provador", a direção da rede tomou todas as providências imediatas no sentido de apurar os fatos, acionando profissionais das áreas administrativa e jurídica. Sabedor de que tal atitude fere os princípios da lei e do desrespeito ao cidadão o GBarbosa jamais permitiria o uso de tal recurso;

    4 - As câmeras de segurança instaladas no interior das lojas, devidamente identificadas, servem tão somente para visualização do salão e permitem apenas uma visão panorâmica de alguns setores do estabelecimento;

    5 - Todos os provadores são cobertos por forro de PVC, inviabilizando, portanto, a visualização de qualquer imagem dos seus interiores, ou seja, todos os clientes têm a sua privacidade integralmente garantida;

    6 - Efetivamente, trata-se de uma denúncia injusta e sem embasamento. Não se sabe quais os verdadeiros motivos que levaram à exposição da imagem de uma instituição séria, mas o GBarbosa crê que o fato merece todo o rigor na apuração para que a verdade prevaleça;

    7 - O departamento jurídico do grupo está apurando a denúncia, ao mesmo tempo em que avalia os atos pertinentes a serem adotados;

    8 - Por fim, a rede GBarbosa coloca-se inteiramente à disposição das autoridades competentes para apuração do caso e espera que, em nome da verdade, dêem a publicidade
    • 03 Maio 2009
  • Eu acho um absurdo ter cameras e elas são proibitas, afinal você perde a intimidade se tiverem instaladas num provador de roupas, só faltava essa né? rsrsrs!!! Beijos.
    • 03 Maio 2009
  • não tenho certeza se não tem!porque tem umsa lojas q são só sacanagem!
    • 03 Maio 2009
  • olha eu já trabalhei na area de segurança em uma grande rede de supermercados com cameras espalhadas por todos os lados e isso não existe!!!!!!
    até mesmo pq antes de instalar uma camera é feito um estudo de locais problematicos para o furto, não é o caso dos provadores, pois o funcionário tem como controlar as peças que o cliente entra, seje por ficha ou alarme!!!!
    fora que isso geraria processos, o que não interessa para as redes!!!

    agora isso é o que eu sei e vivi, derrepente tem doido pra tudo né!!!
    • 03 Maio 2009
  • é proibido, mas pode ter sim, por malandragem e erro dos locais onde tem os provadores... aliás, vc nem pode imaginar, mas tem até motel que faz gravações escondidas, sabia? imagina então o que eles filmam?!
    Ah, parece que até nos bancos tem câmera filmando o pessoal... (hauahuahuauauha)
    • 03 Maio 2009
  • oiii
    acho pouco provavel isso
    alias um absurdo
    mas nao tem nao
    e a sua privacidade onde fica?
    • 03 Maio 2009
  • Nunca reparei. Mas se tiver é crime de atentado ao pudor e desrespeito à privacidade alheia. Se houvesse necessidade da empresa vigiar o cliente o tempo inteiro, entao nao poderia nem ter provador. A pessoa experimentaria a roupa na frente de um funcionário da loja! Realmente não teria cabimento algo assim!!!
    Abraços.
    • 03 Maio 2009
  • o que existe são espelhos que por tras dele pode-se ver o ambiente,como detectalos,aproxime sua unha do espelho,note que entre a imagem refletida e sua unha existe um espaço de mais ou menos 1 m/m ,se não apareçer o espaço sai fora!
    • 04 Maio 2009