Gloog  
Respostas · Local · Imagens · Vídeos · Notícias
    
Procurar palavra-chave em:          
Answer Search  


É verdade que misturar as raças acaba enfraquecendo o individuo seja entre animais e ate homens ?


Existe alguma realidade no conceito"raça pura" que tantas pessoas falam coim boca cheia de seu animais ?
Estou querendo uma resposta pela otica da genetica e biologia .
  • 22 Dezembro 2008

Melhor resposta - Escolhida pelo autor da pergunta

Muito pelo contrário meu caro.
Do ponto de vista da biologia, "raça" nada mais é que uma variedade genética. E quanto maior for a quntidade de gens diferentes melhor para o indivíduo, uma vez que terá maior probabilidade de livrar-se de problemas geneticos deste modo. Por isso a reprodução sexuada foi uma grande evolução, antes os genes eram sempre os mesmos e uma simples mutação acabava com a população inteira.
Indíviduos com maior variedade genética são mais adaptados ao meio, pois cultivam genes necessários a várias situações.
Quer um exemplo simples:

Um puddle terrier não pode ter contato com o chão até ter 3 meses, agora e um vira-lata?
Qual é o mais "forte"?
  • resposta em: 22 Dezembro 2008

  • aprovada em: 26 Dezembro 2008

Outras Respostas (8)

  • A raça, quanto mais pura, pode ser até pior porque ela pode fixar caracteristicas negativas.
    • 22 Dezembro 2008
  • Pelo contrário,fortalece,pois quanto mais miscigenada a raça mais características positivas vai conter,as negativas geralmente sçao recessivas.

    Não contavam com a minha astúcia!
    • 22 Dezembro 2008
  • Muito pelo contrário meu caro.
    Do ponto de vista da biologia, "raça" nada mais é que uma variedade genética. E quanto maior for a quntidade de gens diferentes melhor para o indivíduo, uma vez que terá maior probabilidade de livrar-se de problemas geneticos deste modo. Por isso a reprodução sexuada foi uma grande evolução, antes os genes eram sempre os mesmos e uma simples mutação acabava com a população inteira.
    Indíviduos com maior variedade genética são mais adaptados ao meio, pois cultivam genes necessários a várias situações.
    Quer um exemplo simples:

    Um puddle terrier não pode ter contato com o chão até ter 3 meses, agora e um vira-lata?
    Qual é o mais "forte"?
    • 22 Dezembro 2008
  • Ao contrário, existe entre os criadores de gado um conceito chamado de "heteróse" ou choque de sangue - o cruzamento de raças distintas resulta numa cria fortalecida, juntando o que se tem de bom das duas raças. Cruzar nelore com gado europeu junta a rusticidade do primeiro com a precocidade do segundo.
    • 22 Dezembro 2008
  • Acho que é o contrario, pq que nao pode irmao ter filho com irmâ??? pq nao há troca genética, assim gera um individuo com falha genética! o mesmo ocorre com animais, levando assim a ter individuos deficientes etc...
    • 22 Dezembro 2008
  • sei lá...acho q ñ...achoq até fortalece...na biologia, ñ há raça...então, acho q ñ...se fosse assim, os brasileiros seria um povo fraco, jah q somos mistura de muitas coias!
    • 22 Dezembro 2008
  • Esta questão é bem complexa, na verdade a mistura entre indivíduos é benéfica pois distribui melhor os genes (genes bons dominantes suprimem genes ruins recessivos). No entanto algumas características genéticas influenciam positivamente a adaptabilidade do indivíduo em algum habitat (por exemplo quem mora no equador, é melhor ter a pele mais escura para proteger contra a radiação solar), neste caso a mistura pode inserir genes que vão diminuir a adaptabilidade naquele HABITAT específico (imagina os filhos de alguém de pele clara no saara, mesmo com alguém de pele escura).
    Mas o que eh ruim são casamentos consanguíneos, pois parentes próximos tem maior probabilidade de terem genes recesssivos ruins comuns, que se combinados, podem trazer características deletérias (exemplos: miopia, hemofilia).
    Bom, isto eh o pouco que eu sei sobre isso...
    • 22 Dezembro 2008
  • Não, o cachorro vira lata é uma mistura de muitas raças e é o mais resistente.
    • 22 Dezembro 2008