Gloog  
Respostas · Local · Imagens · Vídeos · Notícias
    
Procurar palavra-chave em:          
Answer Search  


Compare e comente as razões calvinistas,anglicanas e anabatista para promover a reforma religiosa?


Vale 10 Pontos para a melhor resposta, e se quiserem responder a outras perguntas minhas, veja no meu perfil yahoo...

Desde já agradeço!
  • 30 Setembro 2008

Melhor resposta - Escolhida pelo autor da pergunta

Existem algumas diferenças entre os batistas e os anabatistas modernos (por exemplo os menonitas):

Os anabatistas normalmente praticam o Batismo adulto por aspersão e não por imersão como os batistas;
Os anabatistas são pacifistas extremos e recusam a jurar;
Os anabatistas crêem em uma doutrina semi-nestoriana sobre a Natureza de Cristo, que não recebeu nenhuma parte humana de Maria;
Os anabatistas enfatizam a vida comunal enquanto os batistas a Liberdade Individual;
Os anabatistas recusam a participar do Estado, enquanto os batistas podem ser funcionários públicos, prestar serviço militar, possuir cargos políticos;
Os anabatistas crêem em um estado de sono da alma entre a morte e a ressurreição;
Autonomia das Igrejas locais - como os batistas originaram do Congregacionalismo, enfatizam a autonomia total das comunidades locais, que podem agrupar-se em convenções. A exceção são os Batistas Reformados, que originaram do calvinismo Presbiterianismo e dos Batistas Episcopais, que surgiram de missões anglicanas no Zaire.
Os batistas tradicionalmente evitaram o sistema hierárquico episcopalista como é encontrado na Igreja Católica Romana, Anglicana e entre outras igrejas, como entre os metodistas. Todavia existe variações entre alguns grupos batistas, como a Igreja Episcopal Batista (de governo obviamente episcopal), presente em vários países da África e a Igreja Batista Reformada, de governo presbiterial.
Com tudo isso gerou esta reforma ou facção da religião.
  • resposta em: 30 Setembro 2008

  • aprovada em: 06 Outubro 2008

Outras Respostas (1)

  • Existem algumas diferenças entre os batistas e os anabatistas modernos (por exemplo os menonitas):

    Os anabatistas normalmente praticam o Batismo adulto por aspersão e não por imersão como os batistas;
    Os anabatistas são pacifistas extremos e recusam a jurar;
    Os anabatistas crêem em uma doutrina semi-nestoriana sobre a Natureza de Cristo, que não recebeu nenhuma parte humana de Maria;
    Os anabatistas enfatizam a vida comunal enquanto os batistas a Liberdade Individual;
    Os anabatistas recusam a participar do Estado, enquanto os batistas podem ser funcionários públicos, prestar serviço militar, possuir cargos políticos;
    Os anabatistas crêem em um estado de sono da alma entre a morte e a ressurreição;
    Autonomia das Igrejas locais - como os batistas originaram do Congregacionalismo, enfatizam a autonomia total das comunidades locais, que podem agrupar-se em convenções. A exceção são os Batistas Reformados, que originaram do calvinismo Presbiterianismo e dos Batistas Episcopais, que surgiram de missões anglicanas no Zaire.
    Os batistas tradicionalmente evitaram o sistema hierárquico episcopalista como é encontrado na Igreja Católica Romana, Anglicana e entre outras igrejas, como entre os metodistas. Todavia existe variações entre alguns grupos batistas, como a Igreja Episcopal Batista (de governo obviamente episcopal), presente em vários países da África e a Igreja Batista Reformada, de governo presbiterial.
    Com tudo isso gerou esta reforma ou facção da religião.
    • 30 Setembro 2008